O que podemos dizer a respeito dos padrões de beleza?

E já dizia o sábio Willian Shakespeare:escreveFoto-5475cdf038a10

 

O corpo é uma construção cultural: já que cada sociedade se expressa diferentemente por meio de corpos diferentes, no qual este corpo que encontramos na nossa individualidade, e que nos tornamos humanos. Desse modo, se olharmos uma mesma cultura em diferentes épocas, iremos perceber que o ideal de beleza, e criado, modificado, e recreado, estabelecendo assim a compreensão que se tem como “feio” e “belo”.

    Já o termo estética compõe-se de duas raízes etimológicas. Uma é “aisth” que significa sensação, sentir, a outra é “etos” que significa costume, moral. Portanto, pode-se dizer que corpo estética significa a construção moral ou o costume da sensação e de sentimento em um determinado individuo.

    O corpo estético na sociedade e enfatizado pela mídia e pela propaganda no objetivo de fazer indivíduos consumidores, pois a sociedade e composta pelo sistema econômico em que estamos entrelaçados e pelos padrões a serem estabelecidos na sociedade. Hoje e o caso do corpo na sociedade, em que o corpo tem que ser belo, perfeito, lindo, se você possui este corpo esta inserido no padrão estabelecido pela sociedade, se não possui este corpo perfeito e descriminado e muitas das vezes o individuo e motivo de chacota. Enfim:

255571_422403444471565_661726333_n

O meu corpo não é sarado, não tem a cor dourada, meus músculos não são definidos, a carne não é tão  dura, nem me preocupo em seguir esse esteriótipo imposto pela mídia. Eu não caibo numa fôrma, não procuro me igualar aos padrões estabelecidos, não quero ser apenas mais um corpinho bonito, igual a tantos outros, sem conteúdo, vazio, oco, estéril. Me sinto livre pra ser do jeito que sou, da forma que me sinto bem, com a minha vaidade na medida certa, sem exageros, sem complexos, sem metas inalcançáveis e fúteis. E é tão bom poder ser você mesmo, sinto-me tão leve ao alcançar a consciência de que não devo satisfação a ninguém, de que não preciso mostrar ou provar nada a ninguém, posso simplesmente ser eu, com todas as minhas imperfeições, são todas minhas. Eu tenho o meu padrão, não preciso que me imponham como devo ser, sinto-me livre pra ser eu mesmo. #mentehiperativa

Primeira Foto:

Modelo: Fabiana Bella(Bella Plus Size)

Fotógrafa: Katia Ricomini

Dia de Modelo: By Renata Poskus

 

Curtam a matéria e deixem a sua opinião nos comentários!!!

assinatura-bella

About author

Fabiana Bella

Mais conhecida como Bella Plus Size. Tem 38 anos e trabalha como modelo plus size a dois anos.